segunda-feira

Ao meu amor, por tudo...



ao meu amor, por tudo...desde que te conheci percebo algo sublime e encantador que me une a você...fico impressionado em me ver tão bobo.
quando estou a teu lado, meus olhos bliham tanto que parecem mais verdes, meu rosto se envolve numa luminosidade própria dos que são felizes, indisfarsavelmente comprometedor
me sinto transbordar de tanta felicidade
quando não estou ao teu lado, inalam de mim perfumes suave e deliciosos que minam de meus poros advindos dos teus numa união docemente indecifrável, que me dar certeza que nunca mais nos perderemos pois já fazes parte de mim...
vejo-te em todos os lugares, ouço tua voz e teu sorriso...hummm...teu sorriso (lindo), que mais eu poderia querer?
teu gosto e teu cheiro me inundam por horas, dias momentos de imensurável prazer...

2 comentários:

Anônimo disse...

espero que esse tenha mais sorte. já que tudo na vida o tempo desfaz e uma desilusão assim faz a gente perder a fé.

[andre.moraes] disse...

bem anônimo,
quanto a questão de sorte, nem sei se o importante é tê-la. tudo o temp altera mas muitas das essências ficam e assim, com essas encubadoras de ilusão pode-se sonhar cada vez com mais fé.
desejo-te não sorte, mas mais fé.